notícias da oficina
edição 37

Olá, amig@

Entrevista do mês

Deixe o preconceito de lado

Marlene Oliveira recebeu de um grande amigo, hoje falecido em razão de um câncer de próstata, a missão de levar informação a respeito da doença, mas muito mais sobre a prevenção dela. No Brasil é o segundo mais comum a atingir os homens.

Após muita reflexão e estudo, em 2008, ela aceitou o desafio e fundou o Instituto Lado a Lado pela Vida. Sua missão é levar informação sobre saúde do homem, principalmente sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata e a conscientização de como mudanças de hábitos são fundamentais para a adoção de um estilo de vida mais saudável.

Passaram-se 10 anos e o tabu ainda continua sendo a detecção do tumor através do toque retal, primordial para o diagnóstico. Os cuidados devem começar por volta dos 45 anos através de exames preventivos (PSA – Antígeno Prostático Específico) e o toque retal. As recomendações são as de que os homens com casos da doença na família ou afrodescendentes devem iniciar assim que entram na casa dos 45 anos e para os demais, isso deve acontecer a partir dos 50.

"Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), estima-se que em 2018 surjam68.220 novos casos da doença e as chances de cura do câncer de próstata estão diretamente relacionadas ao estágio em que a doença for diagnosticada. Nos estágios iniciais, quando está localizada e não apresenta metástase, é possível remover a próstata e as células cancerígenas com grandes chances de cura. Estima-se que 90% dos casos podem ser curados se diagnosticados precocemente", afirma ela que não mede esforços para levar informação qualificada aos quatro cantos desse país através de parcerias.

Após o diagnóstico positivo, o homem deve conversar com seu médico e também procurar um oncologista de confiança, para que possam decidir juntos pelo melhor tratamento.

Fatores de risco
Sobrepeso, tabagismo, sedentarismo e consumo excessivo de álcool também precisam ser considerados fatores de risco importantes para o desenvolvimento do câncer de próstata, assim como as doenças sexualmente transmissíveis, inflamação da próstata e realização de vasectomia.

Novembro Azul até em NY

Criada em novembro de 2011, a campanha foi pioneira na abordagem de questões relacionadas ao câncer de próstata no Brasil. O objetivo era promover uma mudança de paradigma em relação à ida do homem ao médico. Ganhou domínio público e passou a ser incorporada por outras ONGs, empresas privadas e pela população em geral, engajando milhões de pessoas. Em 2017, atingiu cerca de 100 milhões de pessoas em todo o país.Foram mais de 460 ações como iluminações de prédios e monumentos, palestras, ações em locais de grande circulação de pessoas como estádios, shoppings centers e apoios de instituições e personalidades alertando para a importância da realização de exames preventivos. Até na Times Square, em Nova Iorque, houve a exibição de um banner em um de seus principais painéis iluminados.

Importante
Afrodescendentes têm o dobro da probabilidade de desenvolver o câncer de próstata em comparação aos homens brancos, já asiáticos e latinos possuem menos chances. Os motivos dessas diferenças étnicas não estão claras.

Histórico familiar tem muita relevância. Um parente de primeiro grau (avô, pai e irmão) com diagnóstico de câncer de próstata mais do que duplica o risco de desenvolver a doença. Os genes também são preponderantes porque algumas alterações genéticas hereditárias podem aumentar o risco de desenvolver mais do que um tipo de câncer.

Se você quer mais informações sobre a saúde do homem e demais campanhas desenvolvidas pelo Instituto clique: http://www.ladoaladopelavida.org.br/

Destaques da Oficina

Outubro foi um mês muito especial para rede Bolos da Cecília, tivemos dias incríveis de gravação com a TV Record, onde Cecília conseguiu compartilhar um pouco da sua experiência com uma receita adaptada para aprender a fazer em casa. Cozinha afetiva, esse é o segredo. Produção artesanal com os melhores ingredientes marcam a diferença do sabor dos Bolos da Cecília.

A Alergoshop, Pelo 20º ano, a Alergoshop participou entre os dias 20 e 23 de outubro do 45º Congresso Brasileiro de Alergia e Imunologia apresentando a evolução e desenvolvimento de novas linhas. A participação endossa a expertise dos 25 anos de história da marca. O evento foi realizado em Recife com o tema central do congresso "Alergia e Imunologia na era da medicina de precisão".

Tivemos a honra de receber a AGQ Brasil em nosso escritório, com reunião de atualização de conteúdo sobre a norma 45001.

O Beleza Bistrô sempre tem uma novidade, esse mês começou o projeto Verão 2018, no qual os clientes podem entrar no desafio de perder medida em 45 dias, e concorrer a uma joia, caso o resultado seja positivo. Nas redes sociais é possível acompanhar tudo.

A Jamef encerrou o mês com uma ação pra lá de especial. Foi um dia repleto de amor, empatia e troca de informação e experiências. Nossa entrevistada da última edição, Débora Pieretti, palestrou na sede da transportadora em São Paulo contando sobre o projeto Amor em Mechas, que em parceria com o Beleza Bistrô arrecadou algumas mechinhas dos colaboradores da Jamef.

Esse mês o Marcus Nakagawa participou de um desafio proposto pela revista Circuito em homenagem ao Dia Mundial Sem Carro. As aventuras do especialista em sustentabilidade foram contadas na última edição da revista, no qual ele mostra as dificuldades de adquirir práticas sustentáveis no dia a dia. Divirtam-se!

Veja os destaques dos nossos clientes na mídia

Vamos ajudar?

Conteúdo editorial: Oficina da Comunicação Integrada © 2018. Diagramado por: Oficina da Comunicação Integrada